É brincadeira o que fizeram… Mas você pode empreender e chegar ao seu melhor!

2
59
views

Ontem cedo, quando saia de casa para trabalhar, chegando ao estacionamento, encontrei com a moça que é responsável pela limpeza das áreas comuns do meu edifício. Ela estava agitada, COMO SEMPRE, carregando vassouras e sacos de lixo para colocar no local onde esses materiais são armazenados, até que os veículos de coleta venham apanha-los. Fazia isso com disposição e agilidade, também, COMO SEMPRE. Mas, olhei para ela e percebi que, apesar de estar fazendo tudo, COMO SEMPRE, tinha nela algo diferente… ela estava com os cabelos pretos, COMO NUNCA!

Chamou minha atenção aquele cabelo escuro, e não me contive, perguntei a ela: Você escureceu os cabelos? Sim, respondeu ela, com um sorriso que parecia um tanto sem vontade. Então perguntei: Porque você mudou a cor de seus cabelos? E a resposta me surpreendeu, ela disse: Porque é mais barata a manutenção dos cabelos escuros do que a dos cabelos claros!

Fiquei chocado! É uma brincadeira o que fizeram com este país… uma brincadeira de mau gosto, muito mau gosto! A crise que este país vive é mesmo muito grave. Ela consegue afetar as pessoas de uma maneira muito cruel, a ponto de elas não serem mais capazes, nem mesmo, de se arrumarem da forma que julgam ser aquela que as deixa com a melhor autoestima. Uma mulher já não pode mais usar a cor de cabelo que considera mais bonita, porque o dinheiro a obriga a usar o cabelo da cor mais barata. Parece pouco, mas isso é muito grave, muito triste e muito cruel!

Isso sem contar os casos, que surgem todos os dias, dos idosos sem remédios, dos postos sem vacinas para doenças que já estavam extintas e que agora começam a retornar, dos hospitais sem leitos, das maternidades sem UTI´s, dos pronto socorros sem médicos, do país sem moral e sem crédito, da justiça ineficiente, dos políticos sem vergonha e dos governantes corruptos.

Culminando tudo em uma enorme dificuldade para encontrar alguém em condições de ser aceito como capaz de dirigir este país, porque todos os políticos parecem cobertos pela lama que iguala a todos.

Nossa crise é profunda, por isso, exige mais do que mudanças, exige transformações… mas, pensando nisso, percebo que estamos, justo por isso, diante de uma oportunidade fantástica para a OUSADIA, porque agora não adianta fazermos pequenas mudanças, o que precisamos é de ousadia e coragem para assumir grandes transformações, usar aquelas idéias que deixamos para o momento da GRANDE CARTADA.

É esta a hora, vamos fazer a nossa parte com toda a ousadia e com toda a coragem, talvez com muito risco, mas precisamos fazer a nossa parte, porque o governo vai, verdadeiramente, COMEÇAR A MUDAR, na próxima semana, isso vai gerar alguma segurança e melhorar um pouco a confiança dos agentes econômicos, afinal pior do que está é quase impossível de ficar, mas as mudanças que ocorreram até agora não serão as últimas, ao contrário, muitas terão que vir, até que possamos voltar ao ponto em que já estávamos, antes dessa roubalheira federal, para recomeçar uma nova jornada, em busca de desenvolvimento.

Do jeito que as instituições foram aparelhadas, da maneira como a cultura institucional está contaminada pela CORRUPÇÃO, as mudanças precisam continuar, a atuação da justiça precisa ser apoiada, incentivada e comemorada, uma limpeza precisa ser realizada e ela está sob responsabilidade da justiça, especialmente, nas mãos da República de Curitiba. E para que esse movimento de moralidade tenha continuidade convém manter as decisões longe da caneta do Ministro Marco Aurélio de Mello, que se mostrado um ávido pesquisador das possibilidades de produção de pizza.

Mas a economia do país não pode ficar parada, portanto, as empresas precisam fazer a sua parte, a partir do momento de inflexão que se iniciou no dia em que Michel Temer tomou posse e que trouxe, para todos nós, a esperança de que o impedimento da Presidente Dilma se torne definitivo e que, com isso, se inciará uma jornada de reconstrução, com muitos atos ainda por vir, com várias surpresas, com afastamento de muitos dos políticos que ainda estão no exercício de seus cargos, muitos deles do lado da mudança e da reconstrução, mas a unica coisa que, DE FATO, não pode mudar, é a DETERMINAÇÃO, EM BUSCA DA MUDANÇA DO CLIMA DE IMPUNIDADE, FRENTE A CORRUPÇÃO, INSTITUCIONALIZADA, POR ESSE GOVERNO, QUE ESTÁ SENDO AFASTADO.

Então, meu irmão empresário, o que você faz aí, sentado pensando em CRISE? Deixe a CRISE para a solução do governo, levante-se e vá atrás das gigantescas oportunidades que a inanição da nossa sociedade fez surgir, caso contrário, você acabará atropelado pelos ventos da retomada, provocados por aqueles que jamais quiseram acreditar que não seriam capazes de superar a CRISE, mantiveram-se, determinadamente, na busca de soluções e de novos produtos e, agora, em meio ao chororô de tantos, abrem o sorriso e mostram o rosto dos vencedores, afinal, merecem comemorar tudo o que construíram aproveitando as imensas oportunidades da CRISE.

Os ventos surgem em função da diversidade da temperatura das diversas camadas de ar que compõem a atmosfera em um dado momento, os bons ventos surgem quando somos capazes de aquecer com esperança, criatividade e trabalho a nossa atmosfera e passamos confiantes por aqueles que, carrancudos ou mal intencionados, ficam criando o clima frio e ruim, que paralisa as pessoas e congela os bons sentimentos de quem possui uma autoestima muito baixa. Os de alta autoestima, e sobretudo os de espírito elevado, jamais se deixarão abater por adversidades vindas de um mundo que nunca criarão e no qual se recusam a viver, afinal, espíritos elevados criam o ambiente em que desejam viver.

E então, quem é você? Alguém medíocre o suficiente para tomar atitudes geradoras de CRISE ou possui o elevado espírito daqueles que não se abatem, que olham o futuro com a certeza de que a fé é capaz de criar a realidade, com a cara da intensão que vive em seu coração e em sua mente? Seja GRANDE  e a sua realidade será GRANDE, evite ser PEQUENO,  porque as CRISES, são filhotes da pequenez de alguns seres humanos, incapazes de boas intenções e, portanto, incapazes de produzir algo POSITIVO.

A realidade que você cria, tem a cara das suas intenções e da qualidade dos seus pensamentos, então, porque a falta de fé? Você precisa de algum apoio para encontrar alternativas e novas soluções? Busque apoio em consultorias, em treinamentos, na leitura, em palestras, enfim, no que você julgar necessário. O importante é que você não fique parado esperando que a CRISE passe, porque supera-la não depende de outra coisa, senão, da sua atitude e da sua confiança na capacidade de supera-la.

Busque apoio, se necessário mas, acima de tudo, ENGRANDEÇA-SE, LEVANTE-SE E VENÇA! As oportunidades estão aí!

João D Caetano de Oliveira

Cel.: (47) 9968-6158

2 COMMENTS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here